quarta-feira, 4 de abril de 2012

A Recriação dos Dinossauros - 1º Temporada - Episódio 3 - Acrocantossauro



(Os capítulos são grandes, então só leia se tiver tempo ou leia de parte em parte marcando de onde parou)



A Recriação Dos Dinossauros
1º Temporada – Episódio 3 – Acrocantossauro
Nos episódios anteriores:
Rudy, Robert, Steven, Stacy, Alvin, Chuck, Jessie e Joyce, descobrem o porquê da morte de seus amigos. Na volta, eles são perseguidos por Velociraptors que os levam pra perto de um penhasco meio alto. Os Velociraptors fogem com a chegada do T-Rex, que foi atraído pelo cheiro de sangue por perto. Rudy, Robert, Steven, Stacy, Alvin, Chuck, Jessie e Joyce pulam no penhasco caindo por pouco num barranco próximo, e eles caem no rio e todos se seguram nas rochas enquanto Robert morre caindo da cachoeira. Eles pensam em um plano e escalam o penhasco e quando vão voltar, são persiguidos pelos raptores e eles entram no avião e decolam. Mas o avião perde o controle ao ser abandonado pelo ataque dos Pterossauros e ele cai sobre os Mosasaurus. Depois eles dormem numa árvore e após acordarem, comem maçãs, pescam e são perseguidos pelo T-Rex novamente até que chegam num local cheio de herbívoros. Joyce se fere e o T-Rex mata um Edmontossauro. Depois os policiais se escondem numa caverna.
----------------------------------
Rudy, Steven, Stacy, Alvin, Chuck, Jessie e Joyce ficam dentro da caverna até o dia seguinte, porque não podiam sair de lá por causa de muitos terópodes estarem por perto. Depois eles saem.
Steven: Ahh, to com fome.
Rudy: Acho que já podemos sair.
Steven tenta sair correndo pra fora que nem um louco
Rudy: Steven, espera, vamos ver se a barra ta limpa ou não.
Todos então saem olhando para os lados para ver se havia algum dinossauro por perto e eles percebem que a barra está limpa.
Rudy: Droga, não tem nada para comer aqui.
Stacy: Vamos procurar alguma árvore com frutas por aqui.
Rudy: Ok.
Alvin: Esperem, melhor fazer que nem ontem, de marcar a floresta com X.
Rudy: Boa idéia, por que não pensei nisso denovo?
Alvin: Porque você está com muita fome. Ás vezes é bem difícil pensar em certas coisas quando se está com fome.
Rudy: Verdade.
Todos então marcam a floresta com X, nas árvores e vão andando por aí sem saber onde estavam, mas Chuck ajudando Joyce a andar, fazendo isso até que eles chegam em um local com 2 caminhos.
Rudy: Qual escolhermos?
Stacy: Eu não sei.
Alvin: Vamos improvisar, que tal pela direita? Normalmente é o caminho mais correto.
Rudy: Talvez, mas já estamos ferrados mesmo, vamos por aí.
Eles vão andando por horas até que chegam no lugar onde começaram a andar.
Rudy: Merda.
Steven: Parece que agora vamos ter que escolher o outro caminho.
Rudy: Isso é óbvio.
Eles vão andando novamente até chegarem lá, e escolhem o da esquerda e continuam andando.
Chuck: Como está a perna, Joyce?
Joyce: Ainda está dolorida, pelo jeito que ela quebrou, parece que vai demorar o dobro ou triplo para ficar boa, em comparação em outras maneiras de fraturas na perna.
Steven: Parece que Chuck está tendo uma quedinha pela Joyce, há ha.
Chuck: Cala a boca.
Steven: Vem calar.
Chuck: Ok, você que pediu.
Chuck vai em direção a Steven para brigar com ele mas Rudy separa eles.
Rudy: Sem brigas. Chuck, brigar não leva a nada e não ligue pra ele, ele é assim desde pequeno. E Steven, não fique provocando os outros, parecem crianças.
Alvin: Rudy, ontem você disse que íamos usar alguma coisa pra camuflar nosso cheiro, e não fizemos isso ainda. Além do mais é melhor fazer agora se não esquecemos.
Rudy: Verdade, eu havia me esquecido. Mas primeiro temos que comer, não acha?
Alvin: É... To com muita fome.
Stacy: Estou com um mau pressentimento.
Rudy: Sobre o que?
Logo todo mundo começa a escutar passos barulhentos tremendo um pouco o chão.
Chuck: Droga, o Tiranossauro denovo não.
Rudy: Não parece ser de um Tiranossauro, o chão está tremendo bem menos e o barulho, um pouco mais baixo e diferente.
Do meio das árvores, surgia um Acrocantossauro dando um rugido e como era uma floresta fechada, ao surgir, ele derruba uma árvore que estava perto de Stacy:
Rudy: Cuidado.
Rudy Então pulava e empurrava ela, a salvando e por sorte, ele também não é esmagado.
Rudy e Stacy se levantam. Rudy e Alvin ao mesmo tempo diz: “É, u-um... Acrocantossauro.”
Depois todos começam a correr e Joyce que mal conseguia ficar bem pé, ficava para trás chamando a atenção do Acrocantossauro. Mas na hora que o Acrocantossauro vai correr atrás dela, Chuck volta.
Chuck: Joyce.
Chuck pega ela, carregando ela nas costas.
Todos param e olham para trás.
Rudy: Chuck, Joyce.
Chuck: Podem ir, eu vou ficar bem. E a Joyce também.
Rudy: Só espero, vamos indo pessoal.
Stacy: Mas ele não vai conseguir se salvar e salvar ela junto.
Rudy: Ele disse que vai ficar bem e ela também, confio neles.
Chuck então sai correndo para outro canto carregando Joyce nas costas e o Acrocantossauro indo em direção a ele. No momento em que o Acrocantossauro está alcançando Chuck, ele logo salta para trás e se vira dando meia volta e passando por debaixo da perna dele antes dele perceber e se esconde atrás de uma árvore bem grande por perto. O Acrocantossauro ao perceber, da meia volta e Chuck depois saia dali rapidamente pelo outro lado da árvore continuando correndo onde estava indo e depois esconde atrás de outra árvore. E o Acrocantossauro que volta e Chuck sai dali pelo outro lado da árvore e volta pra procurar seus amigos.
Joyce: Você é bem esperto, Chuck.
Chuck: Valeu.
E enquanto os outros andavam...
Stacy: Espero que eles estejam bem.
Rudy: Não se preocupe, eles estão bem.
Stacy: Não está nem um pouco preocupado com eles?
Rudy: Estou, mas eu tenho certeza que eles voltarão. É só ter fé.
Stacy: Tá...
Rudy: Mesmo se eles conseguirem escapar, talvez não nos encontre, então só pra garantir pra quando eles forem voltar, vou marcar umas setinhas nessas árvores indicando para ele onde estamos.
Stacy: Boa idéia.
Rudy e os outros marcam setinhas nas árvores com as facas e vão andando, depois param para esperar. Chuck e Joyce quando finalmente chega naquele local, vê as setinhas.
Chuck: Eles sabiam que nós conseguiríamos. Vamos seguir as setinhas.
E Chuck segue as setinhas, quando finalmente vai chegar, uns raptores que estavam procurando herbívoros para caçar, encontram eles. Os sobreviventes atiram neles até a munição terminar sobrando apenas 1/3 e eles se espalham e acabam forçando a todos se separarem, mas eles largam as armas antes, e Chuck a dar meia volta. 3 raptores correm atrás de Rudy, 2 atrás de Stacy, 1 atrás de Jessie, 2 atrás de Steven, 2 atrás de Alvin e 1 atrás de Chuck e Joyce. O raptor que estava atrás de Chuck e Joyce, prepara e da um pulo nele, mas Chuck tropeça numa pedra pequena caindo de cara no chão, e Joyce também. E o raptor errando e caindo em cima de uma terra escorregadia que o faz escorregar até um outro rio de forte correnteza que levava ao rio mais próximo da cachoeira.
Chuck: Essa foi por pouco, se não fosse essa pedra que me fez tropeçar, estaríamos ferrados por causa do raptor e o rio. Mas, você está bem?
Joyce: Estou, agora me ajuda a levantar.
Chuck: Ok.
Chuck ajuda Joyce a levantar e bota ela nas costas novamente, e começa a andar por aí procurando os outros. Enquanto isso, Rudy corria em alta velocidade para fugir dos raptores, e um deles que estava na frente, salta sobre ele o derrubando, depois o morde no ombro e o fazendo sentir bastante dor. O segundo também ataca ele mas Rudy tenta rolar e faz o segundo raptor morder o primeiro, fazendo ele soltar Rudy. E então, os raptores começam a brigar a Rudy continua correndo e o terceiro raptor atrás dele. Rudy vê uma árvore e começa a subir nela, o terceiro raptor salta e agarra o sapato dele e Rudy mechendo o pé, faz o sapato dele sair e conseguir continuar subindo até que ele chega numa altitude fora do alcance dos raptores. Depois os raptores vão embora e Rudy trata de seus ferimentos. Steven enquanto corria, atravessa uma ponte meio frágil de distancia pequena a rachando, e vai até o outro lado. E quando um dos raptores passa por ela, ela se quebra e ele cai no abismo enquanto o outro pula mas Steven continuava correndo, mas o Velociraptor que o seguia, via que não dava pra agarrá-lo, então apenas o derruba batendo os pés nas costelas dela mas Steven rola e se levanta rapidamente, tira a camisa e joga na cara do raptor o atrapalhando, depois ele abaixa dando uma rasteira o derrubando, e saca sua faca e vai pra cima dele mas o raptor enfinca suas garras nele e o morde no braço, mas Steven corta a garganta dele com a faca, com o outro braço, ele depois trata de seus ferimentos mas fica deitado no chão sentindo dor., mas um tempo depois ele veste sua camisa de volta. E os raptores que perseguiam Alvin, estavam alcançando ele mas Alvin por sorte pula e agarra o cipó de uma árvore indo um pouco mais rápido, depois ele saca sua faca e corta ele caindo no chão, mas joga o cipó que cortou perto dos raptores, um enrosca o pé e cai e o outro tropeça nele caindo e começam a brigar. Depois Alvin aproveita e sai correndo despitando-os. Jessie enquanto corria do raptor, não prestava atenção e então cai num rio com uma forte correnteza, mas por sorte ela se agarra a um tronco de árvore que também era levado (o tronco já estava na água) mas continua sendo levada, porém em segurança, até que chega perto daquele local onde tinha as primeiras florestas com X, e sabendo que havia uma cachoeira na frente, ela tenta subir um pouco no tronco e pula na rocha a frente e escapava deixando que apenas um tronco cair da cachoeira e aquele raptor que a perseguia desiste de procurar. E Stacy enquanto corria, via uma pistola Glock-18 e então ela derrapa pegando a arma facilmente para que não seria derrubada ao tentar pegá-la de outra maneira e o raptor que havia pulado na mesma hora, erra e bate numa árvore e poucos segundos depois volta e pula em cima de Stacy a hora em que ela se levanta, mas aí ela aproveita e atira no raptor com mais facilidade por ele estar mais próximo e quando ia atirar no outro, ele logo corre até ela a mordendo no braço em que ela estava segurando a arma e a arrastando um pouco mas aí ela joga a arma para a outra mão e atira nele, depois ela trata de seus ferimentos com os medicamentos que levava com ela. Depois de alguns minutos descansando de fugir dos raptores, Rudy pega seu celular e liga para os outros para saber se eles realmente não estavam com celular.
Rudy: Vou ligar para eles para saber se eles realmente não estão com o celular, se estiverem, pedirei ajuda e falarei alguma forma de nos encontrarmos.
Primeiro ele liga pra Stacy.
Stacy: Peraí, esse é meu celular, pensei que estava sem ele.
Depois ela atende e imediatamente Rudy chega falando.
Rudy: Alô!
Stacy: Alô, é você Rudy?
Rudy: Sim, sou eu, liguei para saber se realmente não estavam sem seus celulares, porque preciso de ajuda.
Stacy: Hum... Que tipo de ajuda?
Rudy: Tipo, nós precisamos ficar juntos e depois sair daqui. E preciso de ajuda para encontrar vocês.
Stacy: Que tal marcar as florestas com símbulos? Aí se um de nós acharmos, seguiremos.
Rudy: Boa idéia, avise os outros.
Stacy: Certo e avisando que tem que ser símbulos diferentes para que não confundimos e seguimos os nossos caso estejamos andando em círculos.
Rudy: Tá, mas por que não damos descrição da floresta também?
Stacy: As florestas são praticamente iguais e não sabemos descrever muito bem uma dessas sendo que nem a conhecemos.
Rudy: Ah é mesmo, ok e tchau.
Depois ambos desligam os celulares na mesma hora, e Rudy desce da árvore e começa a marcar as árvores com um X usando sua faca e enquanto isso Stacy liga para Alvin.
Stacy: Alvin.
Alvin: Stacy? Você está com seu celular?
Stacy: Sim e você está também com o seu. Agora não temos tempo para conversinhas, vim te avisar que para nos encontrarmos, precisamos marcar as árvores com símbolos e diferentes para que não nos confundimos e seguimos os nossos caso estejamos andando em círculos.
Alvin: Mas por que você não avisa todo mundo ao em vez de pedir pros outros avisarem?
Stacy: Porque meus créditos estão acabando, tenho marcar as florestas com símbolos logo e posso me descuidar ficar falando com os outros, algum dinossauro pode me pegar.
Alvin: Bem pensado, ok, tchau.
Depois Alvin tenta ligar para os outros mas vê que os créditos dele acabaram e bateria estava fraca.
Alvin: Merda, justo numa hora critica. Mas vou marcar as florestas de mesmo jeito para que eles possam encontrar sozinhos e seguirem.
E Alvin começa a andar marcando as árvores com um quadrado usando sua faca enquanto Stacy marcava uma bola nas árvores. Enquanto isso, no local onde Jessie estava, ela percebe estar no ponto de partida.
Jessie: Peraí, eu já estive nesse lugar antes, droga, agora terei que começar tudo denovo, mas pelo menos agora eu sei o caminho. O problema será a demora, porque aí eles não vão saber onde estou e se afastarão mais ainda, e os dinossauros podem me atacar.
Então Jessie começa a procurar pelos amigos de mesmo jeito e Alvin enquanto marcava as árvores, por sorte encontra Chuck e Joyce, vendo eles a sua frente, com eles de costa.
Alvin: Chuck, Joyce, encontrei vocês.
Chuck se vira e diz:
Chuck: Oi
Joyce: Olá, que bom te ver denovo.
Alvin: É, mas agora não temos tempo para conversas, temos que procurar pelos outros. E não temos tempo pra falar sobre o assunto, então vou dizer logo que temos que marcar as árvores mostrando o caminho em que estamos indo caso algum de nós achar as marcas, segui-lás e encontrar.
Chuck: Que tal descansarmos primeiro?
Alvin: Aff... Tá, mas só dessa vez. Agora irei subir naquela árvore e observar caso algum dinossauro aparece.
Chuck: Certo, e eu irei descansar.
Alvin subia na árvore e começava a observar o local, mas tendo dificuldades para ver, pedia emprestado um binóculo.
Alvin: Chuck?!
Chuck: O que é?
Alvin: Tem um binóculo ou qualquer coisa que sirva pra observar aí?
Chuck: Ora... Mas é claro que tenho, eu usei um a alguns dias atrás aqui, não lembra?
Alvin: Ah é... Mas chega de conversa, me empresta logo cacete.
Chuck: Certo...
Chuck logo percebe não estar com ele e diz:
Chuck: Não achei ele, eu devo ter perdido em algum lugar, talvez enquanto fugia do Acrocantossauro, ou sei lá o que.
Alvin: É, é um Acrocantossauro e... Peraí, você perdeu? Hã... Mais essa agora, será que da pra piorar?
Chuck: Ei, a culpa não é minha, e não diz isso não, vai que as coisas pioram mesmo?
Alvin: Larga a mão de ser daquelas pessoas que acredita nessas coisas de falar que piora, e piora.
Enquanto eles conversavam, pelo menos Joyce observava e acabava de ter um mau pressentimento. Depois, falava seriamente interrompendo ambos.
Chuck: Mas...
Joyce: Dá pra pararem de falar um pouco? Que saco.
Chuck: Joyce?!
Alvin: Nunca vi você falando desse jeito, o que aconteceu?
Joyce: Estou com um mau pressentimento, melhor sairmos daqui antes que algo de ruim aconteça
Chuck: Tipo o que?
Joyce: Algum dinossauro aparecer, pois eu não posso me manter em pé porque quebrei a perna, com a conversa de vocês, pode atrair algum e com a guarda baixa, podem nos pegar antes de nós fugirmos, etc.
Alvin: Mas eu acabei de subir aqui.
Chuck: E eu nem descansei.
Joyce: Tá, mas só 5 minutos, é o bastante?
Alvin: Eu acho que sim.
Chuck: Talvez.
Logo depois Chuck deita no chão colocando ambas mãos atrás da cabeça e começava a relaxar.
Alvin: Chuck, essa árvore tem frutas.
Chuck: Legal, que tipo?
Alvin: Não ta vendo que tem laranjas aqui?
Chuck: Mas eu estou descansando com os olhos fechados.
Alvin: Ah, foi mau, mas, quer ou não?
Chuck: Tá, manda aí.
Alvin joga uma laranja que logo cai na cara de Chuck.
Chuck: Ai...
Alvin: Desculpa
Chuck depois descasca a laranja usando sua faca e depois a chupa e Alvin também, depois Chuck oferece pra Joyce.
Chuck: Quer?
Joyce: Não, obrigada.
Depois se passa os 5 minutos.
Joyce: Pronto, já deu 5 minutos, agora vamos.
Chuck: Já?
Alvin: Nossa, passou tão rápido.
Joyce: Mas eu disse 5 minutos, e não temos tempo a perder.
Alvin: Táááá...
Alvin desce da árvore e Chuck se levanta dizendo:
Chuck: Alvin, me faz um favor?
Alvin: Depende, o que quer?
Chuck: A minha coluna está doendo um pouco de tanto carregar a Joyce, pode carregar ela pra mim, pelo menos até encontrarmos os outros?
Alvin: Certo, mas me deve essa.
Depois Alvin agaixa perto de Joyce e de costas pra ela, e ela agarra as costas dele, depois ele se levanta e Chuck também, depois começam a andar.
Alvin: Chuck, já que que sua coluna está doendo, pra evitar algo de ruim que possa acontecer futuramente se a situação se repitir mais vezes, por que não usa alguma coisa pra se apoiar?
Chuck: Tipo o que?
Alvin: Tipo esse galho de árvore de 1,70, que está a 30 centímetros na sua frente e você quase tropeça se eu não aviso.
Chuck ao ouvir o que Alvin falou, para e olha para baixo vendo o galho, depos pega ele dizendo:
Chuck: É mesmo, mas não acho que vou precisar disso por muito tempo.
Alvin: Hum...
Depois de 4 horas se procurando, todos finalmente se encontram, exceto Jessie que ainda estava no começo do caminho, faltando pouco para chegar na metade, e enquanto isso... Rudy corre em direção a Stacy dizendo o nome dela e Stacy também com Rudy.
Rudy: Stacyyyyyyy...
Stacy: Rudyyyyyyyyy...
Depois eles se abraçam.
Steven: Não temos tempo pra isso, temos que ir logo até a montanha.
Alvin: Espera, não estamos todos reunidos ainda, temos que procurar pela Jessie.
Steven: O que, a Jessie não está aqui?
Alvin: Não, olha bem para os lados, está vendo ela em algum lugar por aqui?
Steven: É mesmo, ela não está.
Alvin: Vamos nos separar e procurar por ela, as equipes são: Eu e Steven; Rudy e Stacy; Chuck e Joyce.
Steven: Mas acabamos de nos encontrar, não podemos fazer isso.
Alvin: Também não podemos deixar ela para trás.
Steven: É, tem razão, mas o que iremos fazer?
Rudy: Opa, opa. Não vamos nos separar, mas também não iremos seguir em frente, vamos esperar por ela aqui mesmo.
Stacy: Tem razão? Aqui não é muito seguro não.
Rudy: Melhor do que seguirmos em frente tendo a possibilidade de chegar num lugar pior e ainda com ela longe de nós.
Stacy: Mas aonde iremos passar a noite?
Rudy: Iih... Isso eu não sei.
Stacy: Merda...
Steven: Que tal em cima de uma árvore?
Chuck: Steven, pensa bem, a maioria das árvores dessa área, tem galhos que ficam tanto nos altos que dificulta muito pra subir, ainda mais que as raízes não são grandes o suficiente pra chegar um pouco mais perto, e outra, Joyce não conseguiria subir e talvez nem conseguimos ficar todos em uma só e seria mais trabalhoso ainda cada um ou 2 em uma árvore.
Steven: Mas não tem nenhuma caverna por perto também.
Chuck: Estamos ferrados.
Stacy: Não se desanima Chuck, daremos um jeito, que nem daquela vez que tínhamos que escalar aquele penhasco.
Chuck: Melhor perguntar pro Rudy, ele sempre da um jeito.
Alvin: Nossa, você tem que depender muito do Rudy hein, deixa ele um pouco, e não somos tão inúteis assim a ponto de deixar tudo pra ele.
Stacy: É, e eu que tive a idéia para a gente se encontrar.
Steven: E eu pra escalar.
Chuck: É tem razão, e peraí, cadê o Rudy?
Alvin: Espero que ele não tenha voltado pra buscar a Jessie.
Stacy: E quem te garante que ela está atrás? Ela pode ter nos passado.
Chuck: É mesmo, e o Rudy esqueceu desse detalhe...
Depois, de longe, Rudy diz:
Rudy: Achei um carro aqui, mas ele está sem gasolina, pois eu tentei testar ele, mas podemos dormir nele.
Depois todos vão correndo até lá, ainda mais que eles escutam tremores, depois rapidamenteentram no carro.
Chuck: O que é isso?
Rudy: É o que vamos ver.
Depois surge uma manada de Protoceratops correndo em uma outra direção.
Stacy: Do que estão correndo.
E nesse momento, do meio das árvores surge um Acrocantossauro que os percebe e pega um e o devora, depois vai embora perseguindo os outros.

------- Fim do episódio 3 -------






(Criado e escrito por Gustavo Diniz Caetano)

Nenhum comentário:

Postar um comentário